Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede2.unifenas.br:8080/jspui/handle/jspui/89
Tipo do documento: Dissertação
Título: Levantamento florístico e estrutura horizontal da Bacia Hidrográfica do Ribeirão da Onça- MG
Título(s) alternativo(s): Floristic survey and horizontal structure of the Ribeirão da Onça of Hidrographic Basin, MG
Autor: Pineli, Adriana Alves Pereira 
Primeiro orientador: Cunha Neto, Francisco Rodrigues da
Primeiro membro da banca: Rezende, Adauton de Vilela
Segundo membro da banca: Landgraf, Paulo Roberto Corrêa
Resumo: O município de Elói Mendes vem sofrendo graves consequências do desmatamento e redução da cobertura florestal, principalmente na Bacia Hidrográfica do Ribeirão da Onça que abastece toda a população urbana. Níveis de degradação começaram a causar impactos negativos significantes, comprometendo a quantidade e a qualidade da água dos córregos dessa bacia hidrográfica.Portanto, objetivou-se com esta pesquisa caracterizar a estrutura horizontal florística e identificar as espécies da Bacia Hidrográfica do Ribeirão da Onça, Município de Elói Mendes, MG. A amostragem florística foi realizada em 30 fragmentos com parcelas de 5m X 20m, numa área amostral de 85,79ha. Foi realizada a identificação das espécies vegetais com DAP (diâmetro na altura do peito) ≥ 5 cm. A altura das espécies vegetais foi mensurada por um tubo de PVC graduado (5m); acima dessa medida a altura foi estimada visualmente. Foram estudadas 647 espécies vegetais, distribuídas em 48 espécies, 44 gêneros e 23 famílias. As famílias que mais se destacaram foram Fabaceae, Lauraceae, Anacardiaceae, Asteraceae, Boraginaceae, Moraceae e Myrtaceae. Os gêneros que apresentaram maior número de espécies foram Nectandra, Ocotea e Cordia. As espécies com maior dominância absoluta e relativa foram: Dalbergia miscolobium (m2/ha), Machaerium nictitans (m2/ha), Luehea candicans (m2/ha). As espécies com maior densidade absoluta e relativa foram: Machaerium nictitans (arv/ha), Casearia sylvestris (arv/ha) Lithraea molleoides (arv/ha). As espécies de maior frequência absoluta e relativa foram: Nectandra megapotamica (%), Machaerium nictitans (%), Casearia sylvestris (%). As espécies de maior índice de valor de cobertura: Machaerium nictitans, Dalbergia miscolobium, Nectandra megapotamica. A Bacia Hidrográfica do Ribeirão da Onça apresenta atualmente 6,09% de cobertura vegetal. As espécies de maior índice de maior valor de importância: Machaerium nictitans, Dalbergia miscolobium, Nectandra megapotamica.Dentre as espécies de maior altura presentes na Bacia Hidrográfica do Ribeirão da Onça, as espécies, Pouteria gardineri, Luehea candicans, Copaifera langsdorffii, Plathymenia foliosa apresentaram também maior dominância. A altura das espécies vegetais levantadas na Bacia Hidrográfica do Ribeirão da Onça, MG, apresenta variação entre 4,63 m e 19,67m. Nas condições em que se desenvolveu este trabalho, conclui- se que: a Bacia Hidrográfica do Ribeirão da Onça é caracterizada principalmente pelas espécies: Machaerium nictitans, Casearya sylvestris e Nectandra megapotamica, por possuírem maior frequência e densidade. A flora da Bacia Hidrográfica do Ribeirão da Onça apresenta espécies representantes do cerrado como Stryphnodendron pulcherrimum, matas estacionais semidecíduas como Cedrela fissilis, matas ciliares como Cordia ecalyculata e campo rupestre como a família Asteraceae. A presença da espécie Ocotea pretiosa na Bacia Hidrográfica do Ribeirão da Onça, listada como ameaçada de extinção, demonstra a importância desses fragmentos florestais para a manutenção da riqueza florística.
Abstract: The municipal district of Elói Mendes has been suffering important consequences of the deforestation and reduction of forestal cover, mainly at Ribeirão da Onça Hidrographic Basin, which supplies all the urban population. Degradation levels have begun to cause negative significant impacts, compromising the quantity and quality of the water of the streams in the hydrographic basin. Therefore, the aim of this research was to characterize the floristic and horizontal structure and identify the species in the Hidrographic Basin of Ribeirão da Onça , Elói Mendes District, MG. The floristic sample was accomplished in 30 fragments with portions of 5m X 20m, in a sample area of 85,79 ha. The identification of vegetal species was accomplished with DAP (chest-high diameter) ≥ 5 cm. The height of the vegetal species was measured with a graduated PVC tube (5m); above this measure the height was visually estimated. Six hundred and forty-seven vegetal species were studied, distributed in 48 species, 44 genera and 23 families. The families that were more outstanding were Fabaceae, ,Lauraceae, Anacardiaceae, Asteraceae, Boraginaceae, Moraceae and Myrtaceae. The genera that presented the highest number of species were Nectandra, Ocotea, Cordia. The species with more absolute and relative dominance were: Dalbergia miscolobium (m²/ha), Machaerium nictitans (m²/ha,) Luehea candicans (m²/ha).The species with the highest absolute and relative density were: Machaerium nictitans (arv/ha), Casearia sylvestris (arv/ha), Lithraea molleoides (arv/ha). The species with the highest absolute and relative frequence were: Nectandra megapotamica (%), Machaerium nictitans (%),Casearia sylvestris (%). The specieswith the highest index of covering value: Machaerium nictitans, Dalbergia miscolobium, Nectandra megapotamica. The ones with the highest value of importance: Machaerium nictitans, Dalbergia miscolobium, Nectandra megapotamica. The Ribeirão da Onça Hidrographic Basin presents nowadays 6,09% of vegetal cover. Among the species of greater height present in ribeirão da Onça hydrographic Basin, the species Pouteria gardineri, Luehea Candicans, Copaifera langsdorfii, Plathymenia foliosa also presented the most dominance. The height of vegetal species surveyed in Ribeirão da Onça , MG, presents a variation between 4.63m and 19.67 m. In the conditions of this work we can conclude that: the Ribeirão da Onça Hidrographic Basin is mainly characterized by the species: Machaerium nictitans, Casearya sylvestris e Nectranda megapotamica because they have more frequency and density. The Ribeirão da Onça Hidrographic Basin flora presents some species that represent the cerrado such as like Stryphnodendron pulcherrimun, seasonal semideciduous woods, as Cedrella fissilis, ciliary woods, like Cordia ecalyculata and rupestrian field, like the Asteraceae. The presence of the species Ocotea pretiosa in the Ribeirão da Onça , listed as endangered of extinction, shows the importance of those florestal fragments to do the importance of those florestal fragments to the maintenance of floristic wealth.
Palavras-chave: inventário florestal
fitossociologia
remanescentes
forest
inventory
phitosociology
remainders
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::RECURSOS FLORESTAIS E ENGENHARIA FLORESTAL
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Jose do Rosario Vellano
Sigla da instituição: UNIFENAS
Departamento: Zootecnia e Recursos Pesqueiros
Programa: Programa de Mestrado em Ciência Animal
Citação: PINELI, Adriana Alves Pereira. Floristic survey and horizontal structure of the Ribeirão da Onça of Hidrographic Basin, MG. 2011. 53 f. Dissertação (Mestrado em Zootecnia e Recursos Pesqueiros) - Universidade Jose do Rosario Vellano, Alfenas, 2011.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede2.unifenas.br:8080/jspui/handle/jspui/89
Data de defesa: 7-Dec-2011
Appears in Collections:Programa de Mestrado em Ciência Animal



Items in TEDE are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.