Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede2.unifenas.br:8080/jspui/handle/jspui/269
Tipo do documento: Dissertação
Título: Análise da empatia no estudante de medicina da Faculdade de Medicina – Unifenas-BH ao longo da graduação
Título(s) alternativo(s): Empathy in medical students from UNIFENAS-BH during the medical program
Autor: CAIRES, Vanessa Vilela 
Primeiro orientador: PEIXOTO, José Maria
Primeiro membro da banca: OLIVEIRA, José Ricardo de
Segundo membro da banca: SANTOS, Rodrigo Ribeiro
Resumo: A empatia é uma competência que permite perceber e entender o sentimento e a perspectiva do outro. Além de ser uma das dimensões humanísticas mais mencionadas na medicina, a empatia também está associada a melhores resultados diagnósticos e terapêuticos no contexto clínico. Em função de sua importância no contexto da relação médico-paciente, o nível de empatia do estudante de medicina durante o curso de graduação passou a ser alvo de pesquisa em educação médica. O estudo avaliou a empatia dos alunos do curso de medicina da UNIFENAS-BH ao longo de toda a graduação através da aplicação da escala de empatia de Jefferson já validada para a língua portuguesa. Métodos: Estudo transversal realizado no curso de medicina da UNIFENAS-BH, onde foram aplicados o questionário sociodemográfico e a escala de empatia de Jefferson já validada no Brasil e projetada para medir os níveis de empatia do estudante de medicina em relação ao paciente. A amostra foi composta de 247 alunos regulares dos períodos pares da graduação. Resultados: A análise dos resultados mostrou de forma abrangente que não houve diferença estatística significativa nos níveis de empatia entre os períodos estudados, ao longo da graduação, em relação ao gênero e área de atuação futura. As exceções observadas foram verificadas apenas no 4º período, relacionadas à variável gênero em relação aos escores: compaixão, capacidade de colocar-se no lugar do outro e escore geral, onde os escores do sexo feminino se mostraram mais elevados quando comparados ao masculino. Os dados obtidos podem refletir o resultado de diversas estratégias educacionais que vem sendo implementadas na escola, com o objetivo do desenvolvimento da prática assistencial centrada na pessoa, além de atividades de ensino e pesquisa desenvolvidas na graduação e pós-graduação. Conclusões: Nesta amostra de estudantes avaliados não houve diferença estatística nos níveis de empatia entre os estudantes dos diferentes períodos em relação ao sexo e área de atuação futura ao longo da graduação no curso de Medicina – UNIFENAS BH. As escolas de medicina devem incluir o tema da empatia em seus currículos de modo a formalizar o ensino desta importante habilidade socioemocional
Abstract: Empathy is a skill related to the perception and understanding of other people’s feelings. Not only is it one of the most mentioned humanistic dimensions in Medicine, but it is also associated with better diagnosis and therapeutic results in a clinical context. Due to its importance in the context of the physician-patient relationship, the behavior of the students’ empathy levels during the undergraduate years has become a research object in Medical Education. This study is an effort to evaluate the empathy of Medicine students at UNIFENAS BH (a private medical college) over the undergraduate years by using the Jefferson scale, already validated for the Portuguese language. Methods: Cross-sectional study held at UNIFENAS BH, with the application of the social-demographic questionnaire and the Jefferson empathy scale, already validated in Brazil and designed to measure the Medicine students’ empathy level with respect to patients. The sample consisted of 247 regular students of the even-numbered undergraduate semesters. Results: The analysis of the results shows, comprehensively, that there was not a statistically significant difference in empathy levels among the academic terms studied over the undergraduate years, with respect to gender and future specialty. Exceptions were observed only in the fourth academic semester, in connection with the variable “gender” with respect to the scores: compassion, ability to put oneself in somebody else’s place and general score, in which the scores for the female gender showed themselves higher when compared to those of the male gender. The data obtained may reflect the result of various educational strategies that have been implemented at the college, aimed at the development of a person-centered care, in addition to teaching and research activities developed over the undergraduate and graduate years. Conclusions: No statistical differences were observed, in the analysis of this sample of students, in empathy levels among students of different academic terms, with respect to the variables “gender” and “future specialty” over the undergraduate years at UNIFENAS BH. Medical colleges should include the topic of empathy in their curricula, to establish the teaching of that important socioemotional skill
Palavras-chave: Empatia
Educação Médica
Estudantes de Medicina
Relação Médico-Paciente
Empathy
Medical Education
Medical Students
Physician-Patient Relations
Área(s) do CNPq: CIENCIAS DA SAUDE::MEDICINA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade José do Rosário Vellano
Sigla da instituição: UNIFENAS
Departamento: Pós-Graduação
Programa: Programa de Mestrado em Ensino em Saúde
Citação: CAIRES, Vanessa Vilela. Análise da empatia no estudante de medicina da Faculdade de Medicina – Unifenas-BH ao longo da graduação. 2019. 51f. Dissertação (Programa de Mestrado em Ensino em Saúde) - Universidade José do Rosário Vellano, Belo Horizonte, 2019.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede2.unifenas.br:8080/jspui/handle/jspui/269
Data de defesa: 6-Sep-2019
Appears in Collections:Programa de Mestrado em Ensino em Saúde

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação Vanessa.pdfDocumento principal985,46 kBAdobe PDFView/Open ???org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.preview???


Items in TEDE are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.