Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede2.unifenas.br:8080/jspui/handle/jspui/211
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creatorCARVALHO, A. B.-
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/1539272925869657por
dc.contributor.advisor1FARIA, Rosa Malena Delbone de-
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/7025019310659967por
dc.contributor.referee1BAZZANO, F. C. O-
dc.contributor.referee1Latteshttp://lattes.cnpq.br/6116596795711952por
dc.contributor.referee2TURCI, M. A.-
dc.contributor.referee2Latteshttp://lattes.cnpq.br/0507871671078661por
dc.date.accessioned2019-04-10T19:43:53Z-
dc.date.issued2018-07-05-
dc.identifier.citationCARVALHO, A. B. Estudo de conteúdos avaliados nos exames do ENADE 2013 e 2016 e REVALIDA 2015 e 2016 e sua correlação com a matriz de correspondência curricular do REVALIDA. 2018. 221f. Dissertação (Programa de Mestrado em Ensino em Saúde) - Universidade José do Rosário Vellano, Belo Horizonte, 2018 .por
dc.identifier.urihttp://tede2.unifenas.br:8080/jspui/handle/jspui/211-
dc.description.resumoA avaliação é essencial para a análise da qualidade da formação médica e fundamental para o desenvolvimento e aprimoramento de atividades educacionais, e deve se basear tanto em competências quanto em conteúdo. Avaliações externas dos cursos de medicina, elaboradas por órgãos regulatórios, sinalizam os conteúdos considerados como essenciais ou mais relevantes do ponto de vista destes órgãos. Portanto, identificar objetivos de aprendizagem inferidos nessas avaliações poderia ajudar Instituições de ensino e alunos a compreender o que deles se espera. O presente estudo verifica a concordância entre o conteúdo avaliado pelos exames do ENADE 2013 e 2016 e REVALIDA 2015 e 2016 e o conteúdo da Matriz de Correspondência Curricular Revalida (Matriz Revalida). Analisou-se se os conteúdos da Matriz Revalida foram avaliados pelo ENADE e REVALIDA nos anos citados, e foram comparados os conteúdos abordados nas respectivas avaliações, determinando concordâncias e discrepâncias entre as mesmas. Metodologia: Verificou-se os conteúdos específicos abordados nos exames escritos do ENADE 2013 e 2016 (dois últimos anos de aplicação da prova e posteriores à publicação da Matriz Revalida) e do REVALIDA 2015 e 2016 (dois últimos anos de aplicação da prova e posterior a 2014 quando adquiriu nova formatação), tanto dos itens de múltipla escolha quanto discursivos. Os conteúdos explorados nessas avaliações foram comparados com os da Matriz Revalida, estabelecendo-se a relação de conteúdos entre estas. Resultados: A análise dos conteúdos da Matriz REVALIDA (n=749 temas) constantes nas avaliações estudadas revelou uma abrangência inferior de conteúdos no ENADE quando comparado ao REVALIDA. Quando associados os conteúdos abordados nas 4 avaliações, foi encontrado um grande número de temas da Matriz Revalida que não foram abordados em nenhuma das provas analisadas. Conclusão: As avaliações do ENADE e do REVALIDA possuem diferente abrangência quanto à utilização dos conteúdos constantes da Matriz Revalida. A terça parte dos temas da Matriz Revalida não foram abordados nas avaliações estudadas.por
dc.description.abstractAssessment is essential for analyzing the quality of medical formation and fundamental to the development and improvement of educational activities, and should be based on both competencies and content. External evaluations of medical courses, prepared by regulatory bodies, indicate the contents considered essential or more relevant from the point of view of these bodies. Therefore, identifying inferred learning objectives in these assessments could help teaching institutions and students to understand what is expected from them. The present study verifies the agreement between the content evaluated by the ENADE exams 2013 and 2016 and REVALIDA 2015 and 2016 and the content of the Matrix of Curricular Correspondence Revalida (Revalida Matrix). It was analyzed if the contents of the Revalida Matrix were evaluated by ENADE and REVALIDA in the mentioned years, and the contents were compared in the respective evaluations, determining concordances and discrepancies between them. Methodology: The specific contents addressed in the written exams of ENADE 2013 and 2016 (last two years of test application and after the publication of the Revalida Matrix) and REVALIDA 2015 and 2016 (last two years of test application and after 2014 when it acquired new formatting) were verified on both multiple choice and discursive items. The contents explored in these evaluations were compared with those of the Revalida Matrix, establishing the relation of contents between them. Results: The analysis of the contents of the REVALIDA Matrix (n = 749 subjects)contained in the evaluations studied revealed a lower content range in ENADE when compared to REVALIDA. When associated the contents discussed in the 4 evaluations, it was found a large number of Revalida Matrix themes that were not addressed in any of the tests analyzed. Conclusion: The evaluations of ENADE and REVALIDA have different scope regarding the use of the contents contained in the Revalida Matrix. The third part of the Revalida Matrix themes were not addressed in the evaluations studied.por
dc.description.provenanceSubmitted by Kely Alves (kely.alves@unifenas.br) on 2019-04-09T19:08:22Z No. of bitstreams: 1 Dissertação Annie Beatriz.pdf: 7442413 bytes, checksum: 2ef25ecf53f8504b091760769953f219 (MD5)eng
dc.description.provenanceApproved for entry into archive by Kely Alves (kely.alves@unifenas.br) on 2019-04-10T19:41:37Z (GMT) No. of bitstreams: 1 Dissertação Annie Beatriz.pdf: 7442413 bytes, checksum: 2ef25ecf53f8504b091760769953f219 (MD5)eng
dc.description.provenanceApproved for entry into archive by Kely Alves (kely.alves@unifenas.br) on 2019-04-10T19:43:38Z (GMT) No. of bitstreams: 1 Dissertação Annie Beatriz.pdf: 7442413 bytes, checksum: 2ef25ecf53f8504b091760769953f219 (MD5)eng
dc.description.provenanceMade available in DSpace on 2019-04-10T19:43:53Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Dissertação Annie Beatriz.pdf: 7442413 bytes, checksum: 2ef25ecf53f8504b091760769953f219 (MD5) Previous issue date: 2018-07-05eng
dc.formatapplication/pdf*
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade José do Rosário Vellanopor
dc.publisher.departmentPós-Graduaçãopor
dc.publisher.countryBrasilpor
dc.publisher.initialsUNIFENASpor
dc.publisher.programPrograma de Mestrado em Ensino em Saúdepor
dc.relation.referencesACCREDITATION COUNCIL FOR GRADUATE MEDICAL EDUCATION. Common Program Requirements 2017 - Accreditation Council for Graduate Medical Education. Chicago, 2017. Disponível em: <https://www.acgme.org/Portals/0/PFAssets/ProgramRequirements/CPRs_2017-07-01.pdf>. Acesso em: 05 maio 2018. AMIN, Z. et al. Practical guide to medical student assessment. Singapore: National University of Singapore, 2006. BOLLELA, V. R.; CASTRO, M. Avaliação de programas educacionais na área da saúde: conceitos básicos. Revista Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, Ribeirão Preto, v. 47, n. 3, p. 332-42, 2014. Disponível em: <http://revista.fmrp.usp.br>. Acesso em: 20 fev. 2018. BOLLELA, V. R.; MACHADO, J. L. M. O currículo por competências e sua relação com as diretrizes curriculares nacionais para a graduação em medicina. Science in Health, São Paulo, v. 1, v. 2, p. 126-42, maio/ago. 2010. BRASIL. Ministério da Educação. Resolução n. 4, CNE/CES de 7 de novembro de 2001. Institui diretrizes curriculares nacionais do curso de graduação em medicina. Diário Oficial [da] União. Brasília, 9 nov.2001.Seção 1, p. 38. ______. Portaria nº 1.350, de 25 de novembro de 2010. Dispõe sobre o Exame para Certificação de Proficiência em Língua Portuguesa para Estrangeiros - Celpe-Bras. Diário Oficial [da] União, Brasília, 26 de nov. 2010. nº 226, Seção 1, p. 32. ______. Portaria Interministerial nº 278 de 17 de março de 2011. Institui o exame nacional de revalidação de diplomas médicos expedidos por universidades estrangeiras (Revalida). Diário Oficial [da] União, Brasília, 18 mar. 2011, Seção 1, p. 8-11. ______. Lei nº 12.871, de 22 de outubro de 2013. Instituição de Programa mais médicos. Brasília, 2013. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2011-2014/2013/lei/l12871.htm>. Acesso em: 20 fev. 2018. ______. Conselho Nacional de Educação. Resolução n. 3 CNE/CES de 20 de junho de 2014. Institui Diretrizes Curriculares Nacionais do Curso de Graduação em Medicina e dá outras providências. Diário Oficial [da] União, Brasília, 23 jun. 2014.Seção 1, p. 8-11. ______. Ministério da Educação. Resolução n. 3 CNE/CES de 22 de junho de 2016. Dispõe sobre normas referentes à revalidação de diplomas de cursos de graduação e ao reconhecimento de diplomas de pós-graduação stricto sensu (mestrado e doutorado), expedidos por estabelecimentos estrangeiros de ensino superior. Diário Oficial [da] União.1 Brasília, 23 de jun. 2016. Seção 1, p. 9-10. ______. Portaria Normativa no. 22 de 13 de dezembro de 2016. Dispõe sobre normas e procedimentos gerais de tramitação de processos de solicitação de revalidação de diplomas de graduação estrangeiros e ao reconhecimento de diplomas de pós-graduação stricto sensu (mestrado e doutorado), expedidos por estabelecimentos estrangeiros de ensino superior. Diário Oficial [da] União, Brasília, 14 de dez. 2016b. nº 239, Seção 1, p. 9. EPSTEIN, R. M.; HUNDERT, E. M. Defining and assessing professional competence. JAMA, [S.l.], v. 287, n. 2, p. 226-235, 2002. EPSTEIN, R. M. Assessment in Medical Education. New England Journal of Medicine, [S.l.], v. 356, p. 387-396, Jan. 2007. FRANÇA, G.V. Direito médico. 6. ed. São Paulo: Fundação BYK, 1995. GOMES, J. C. M. Erro médico: reflexões. Bioética, Brasília, v. 2, n. 2, p. 139-46, 1994. GONTIJO, E.D. et al. Cursos de graduação em medicina: uma análise a partir do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior. Revista Brasileira de Educação Médica, Brasília, v. 35, n. 2, p. 209-18, 2011. GONTIJO, E. D. et al. Matriz de competências essenciais para a formação e avaliação de desempenho de estudantes de medicina. Revista Brasileira de Educação Médica, Brasília, v. 37, n. 4, p. 526 – 539, 2013. Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira. Revalida - Revalidação de diploma médico. 2017. Disponível em: http://www.portal.inep.gov.br/revalida. Acesso em: 25 nov. 2017. MILLER, G. E. The assessment of clinical skills/competence/performance. Academic Medicine, Philadelphia, v. 65, S63–S67, 1990. MUSICK, D.W. A Conceptual Model for Program Evaluation in Graduate Medical Education. Academic Medicine, USA, v. 81, n. 8, p. 759-765, 2006. NORCINI, J. et al. Criteria for good assessment: Consensus statement and recommendations from the Ottawa 2010 Conference. Medical Teacher, London, v. 33, p. 2016-14, 2011. PANÚNCIO-PINTO, M.P; TRONCON, L.E.A. Avaliação do Estudante: aspectos gerais. Medicina. Ribeirão Preto, v. 47, n. 3, p. 314-23, 2014. SANTOS, F.C.C. Elaboração da prova do ENADE no modelo do Banco Nacional de itens. 2013. 86 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Gestão e Avaliação da Educação Pública) - Universidade Federal de Juiz de Fora, Juiz de Fora, 2013. SANTOS, W.S. Organização curricular baseada em competência na educação médica. Resista Brasileira de Educação Médica, Brasília, v. 35, n. 1, p. 86-92, 2011. SISTEMA ELETRÔNICO DO SERVIÇO DE INFORMAÇÃO AO CIDADÃO (e-SIC). Protocolo 23480.026334/2017-18. Disponível em:< https://esic.cgu.gov.br/sistema>. Acesso em: nov/2017. SOUZA, H.J.S. Avaliação de competências e habilidades no ensino superior: o descompasso entre as diretrizes curriculares e o ENADE. Revista Hispeci e Lema On-Line, Bebedouro-SP, v. 5, n. 1, p. 143-154, 2014. TRONCON, L. E. A. Avaliação programática do estudante: estratégia institucional para melhor cumprir as funções da avaliação educacional. Revista de Graduação da Universidade de São Paulo, São Paulo, v. 1, n 1, jul. 2016 ______. Estruturação de sistemas para avaliação programática do estudante de medicina. Revista Brasileira de Educação Médica, Brasília, v. 40, n. 1, p. 30 – 42, 2016. VAN DER VLEUTEN, C. P. M. et al. Twelve tips for programmatic assessment. Medical Teacher, London, v. 37, n. 7, p. 641-646, 2015. VAN DER VLEUTEN, C.P.M.; SCHUWIRTH, L.W. T. Assessing Professional Competence: from methods to programmes. Medical Education, Oxford : Wiley-Blackwell, v. 39, n. 3, p. 309-17, 2005.por
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectAvaliação educacional. Competência profissional. Programas de autoavaliação. Avaliação do ensino.por
dc.subject.cnpqCIENCIAS DA SAUDE::MEDICINApor
dc.titleEstudo de conteúdos avaliados nos exames do ENADE 2013 e 2016 e REVALIDA 2015 e 2016 e sua correlação com a matriz de correspondência curricular do REVALIDApor
dc.typeDissertaçãopor
Appears in Collections:Programa de Mestrado em Ensino em Saúde

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação Annie Beatriz.pdfDocumento principal7,27 MBAdobe PDFView/Open ???org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.preview???


Items in TEDE are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.