Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede2.unifenas.br:8080/jspui/handle/jspui/204
Tipo do documento: Tese
Título: Características morfofuncionais de estruturas ovarianas e diagnóstico precoce de gestação em ovelhas
Autor: RIZZONI, Leandro L. B. 
Primeiro orientador: NEVES, Jairo J. P.
Segundo orientador: Palhao, Miller M. M.
Primeiro membro da banca: ANDRADE, Gustavo G. A.
Segundo membro da banca: FERNANDES, Carlos C. A. C
Terceiro membro da banca: DERUSSI, Ana A. A. P.
Resumo: A utilização de biotécnicas na reprodução animal proporciona o melhoramento do rebanho, entretanto se faz necessário o conhecimento da fisiologia reprodutiva, que vem sendo mais bem elucidado por meio da ultrassonografia e de técnicas de dosagem hormonais, possibilitando, assim, uma melhor acurácia nas técnicas de manipulação reprodutiva e de diagnóstico por imagem. O presente estudo foi dividido em dois experimentos. O experimento 1 teve como objetivo estabelecer uma relação entre o padrão vascular, morfológico e funcional do corpo lúteo (CL) de ovelhas através da ultrassonografia no modo Doppler colorido (CD). Para isso, 34 ovelhas, cruzadas Dorper com Santa Inês, foram divididas aleatoriamente em G1 (rufiadas) e G2 (acasaladas) que tiveram o estro sincronizado. As imagens ultrassonográficas dos CLs foram feitas diariamente até o dia D17, pela via transretal. As variáveis analisadas foram a área do CL e área de fluxo sanguíneo (FS). Amostras de sangue foram coletadas para dosagem de P4. A área do CL teve um crescimento progressivo até o D5 (P<0,0001), sem aumento significativo nos dias subsequentes; o G1 progrediu para uma queda acentuada em sua área a partir do D13 (P<0,0001). O mesmo padrão foi observado quanto à área FS, com crescimento progressivo até o D4 (P<0,0001), seguido por uma queda no D13 (P<0,0001) para o G1. As concentrações plasmáticas de P4 alcançaram valores fisiológicos para ovinos até o D6 (P<0,0001), com uma queda pronunciada no D12 (P<0,0001) para o G1. O experimento 2 objetivou determinar a confiabilidade da ultrassonografia em modo Doppler colorido, como diagnóstico preditivo de ovelhas não gestantes 17 dias após cobertura, por meio do padrão vascular do corpo lúteo. Foram utilizadas 62 ovelhas cruzadas Dorper com Santa Inês. O diagnóstico de gestação no D17 (DG17) classificou os animais como Gestantes, para os que apresentaram alguma área de fluxo sanguíneo (FS) no corpo lúteo (CL) e Não-gestantes, para aqueles que não apresentaram nenhuma área de FS no CL. No D30, o diagnóstico de gestação (DG30) foi confirmado por ultrassonografia em modo-B. O DG30 foi comparado retrospectivamente com o DG17. Os parâmetros de desempenho do diagnóstico, baseado na área de FS,tiveram sensibilidade de 100,0%; especificidade de 80,0%; valor preditivo negativo 100,0%; valor preditivo positivo de 73,3% e acurácia de 87,1%. A proporção de falso positivo foi 12,9% (8/62), causado por ciclos longos e por perdas embrionárias precoce; a de falso negativo, foi de 0,0% (0/62). Esses estudos demonstraram que a utilização da ultrassonografia em modo CD traz vantagens adicionais à ultrassonografia em modo-B e é uma potencial ferramenta para a avaliação da função luteal e para o diagnóstico precoce de gestação em ovinos, permitindo melhor acurácia na identificação e na mensuração do corpo lúteo e em sua vascularização.
Abstract: The use of biotechniques in animal reproduction allows to provide the improvement of the herd, however it is necessary to know the reproductive physiology, which has been better elucidated through ultrasound and hormonal dosing techniques, thus enabling a better accuracy in the techniques of reproductive manipulation and diagnostic imaging. The present study was divided into two experiments. The experiment 1, aimed to establish a relationship between the vascular, morphological and functional pattern of the corpus luteum (CL) of sheep through color Doppler (CD) ultrasonography. Therefore, 34 Dorper crossbred ewes with Santa Inês were randomly divided into G1 (ruffed) and G2 (mated) that had estrus synchronized. Ultrasonographic images of CLs were made daily up to the day D17, by the transrectal route. The analyzed variables were the CL area and the blood flow area (FS). Blood samples were collected for P4 dosing. The CL area had a progressive increase to D5 (P<0.0001), without significant increase on subsequent days, G1 progressed to a marked fall in its area from D13 (P<0.0001). The same pattern was observed for FS area, with progressive growth up to D4 (P<0.0001) followed by a drop in D13 (P<0.0001) for G1. The plasma concentrations of P4 reached physiological values for sheep up to D6 (P<0.0001), with a pronounced drop in D12 (P<0.0001) for G1. Experiment 2, aim to determine the reliability of Doppler ultrasonography, as a predictive diagnosis of non-pregnant sheep 17 days after coverage, through the vascular pattern of the corpus luteum. 62 Dorper crossbred sheep were used with Santa Inês. The diagnosis of pregnancy in D17 (DG17), classified the animals as Pregnant, for those who presented some area of blood flow (FS) in the corpus luteum (CL) and Non-pregnant, for those who did not present any FS area in CL. In D30 the diagnosis of gestation (DG30) was confirmed by B-mode ultrasonography. DG30 was compared retrospectively with DG17. The diagnostic performance parameters based on the FS area had a sensitivity of 100.0%; specificity of 80.0%; negative predictive value 100.0%; positive predictive value of 73.3% and accuracy of 87.1%. The proportion of false positive was 12.9% (8/62), caused by long cycles and early embryonic losses, and the false negative rate was 0.0% (0/62). These studies have demonstrated that the use of ultrasound in CD mode offers additional advantages in B-mode ultrasound and is a potential tool for the evaluation of luteal function and for the early diagnosis of gestation in sheep, allowing a better accuracy in the identification and measurement of the corpus luteum and its vascularization.
Palavras-chave: fluxo sanguíneo,luteogênese,luteólise,progesterona,ovinos
blood flow,luteogenesis,luteolysis progesterone,sheep
Área(s) do CNPq: CIENCIAS AGRARIAS::MEDICINA VETERINARIA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade José do Rosário Vellano
Sigla da instituição: UNIFENAS
Departamento: Pós-Graduação
Programa: Programa de Doutorado em Reprodução, Sanidade e Bem-estar Animal
Citação: RIZZONI, Leandro L. B.. Características morfofuncionais de estruturas ovarianas e diagnóstico precoce de gestação em ovelhas. 2018. 68f. Tese( Programa de Doutorado em Reprodução, Sanidade e Bem-estar Animal) - Universidade José do Rosário Vellano, Alfenas.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede2.unifenas.br:8080/jspui/handle/jspui/204
Data de defesa: 11-Apr-2018
Appears in Collections:Programa de Doutorado em Reprodução, Sanidade e Bem-estar Animal

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese_Leandro Becalete Rizzoni.pdftese em texto completo947,91 kBAdobe PDFView/Open ???org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.preview???


Items in TEDE are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.