Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede2.unifenas.br:8080/jspui/handle/jspui/174
Tipo do documento: Dissertação
Título: Avaliação dos efeitos genotóxicos e antigenotóxicos de Salvia officinalis e seus aspectos terapêuticos em ciência animal
Título(s) alternativo(s): Evaluation of the genotoxic and antigenotoxic effects of Salvia officinalis and its therapeutic aspects in animal science
Autor: TERRA, Roberta Soares 
Primeiro orientador: BORIOLLO, Marcelo Fabiano Gomes
Primeiro membro da banca: SILVÉRIO, Alessandra Cristina Pupin
Segundo membro da banca: RODRIGUES NETTO, Manoel Francisco
Resumo: Salvia officinalis tem sido amplamente utilizada na culinária e na medicina tradicional, e estudos têm identificado inúmeros compostos químicos e potenciais ações terapêuticas. Esta pesquisa avaliou a genotoxicidade do extrato hidroalcoólico liofilizado de folhas de S. officinalis L. (SO) usando o ensaio do micronúcleo em medula óssea de camundongos. A interação entre SO e os efeitos genotóxicos induzidos pela doxorrubicina (DXR) também foi analisada – ensaio de antigenotoxicidade. Grupos experimentais constituídos de camundongos machos e fêmeas Swiss albinus (Unib: SW) foram avaliados após 24-48h de tratamento com ciclofosfamida (CP; 50 mg/Kg), DXR (5 mg/Kg), NaCl (150 mM), SO (0,5–2 g/Kg) e SO (0,5 g/Kg) + DXR (5 mg/Kg). As análises de EPCMNs mostraram diferenças (p0,05) entre os tratamentos de SO (1–2 g/Kg) e NaCl, independentemente do gênero e do tempo. DXR induziu EPCMNs significativamente em ambos os gêneros e tempos de tratamento. Grupos de camundongos tratados com DXR mostraram frequências menores (p<0,05) de EPCMNs quando comparados com os grupos controles CP (50 mg/Kg). O tratamento associativo (500 mg/Kg de SO + 5 mg/Kg de DXR) não reduziu a frequência de EPCMNs (p<0,05) induzida por DXR. As proporções de EPC/ENC entre tratamentos controles (NaCl, CP e DXR) e experimentais genotóxicos e antigenotóxicos (SO; SO + DXR) foram insignificantes (p0,05). Os resultados sugerem efeitos moderadamente genotóxicos (clastogenia e/ou aneugenia) de folhas de S. officinalis L., dose-dependente (i.e., a partir de 1 g/Kg) e gênero- e tempo-independentes. Contudo, S. officinalis não apresenta toxicidade sistêmica e efeitos antigenotóxicos (SO + DXR) nas condições estabelecidas no presente teste do micronúcleo em medula óssea de camundongos.
Abstract: Salvia officinalis has been widely used in culinary and traditional medicine, and studies have identified numerous chemical compounds and potential therapeutic actions. This study evaluated the genotoxicity of lyophilized hydroalcoholic extract of S. officinalis L. (SO) leaves using the micronucleus assay in mouse bone marrow. The interaction between SO and the genotoxic effects induced by doxorubicin (DXR) was also analyzed – antigenotoxicity assay. Experimental groups consisting of male and female Swiss albinus mice (Unib: SW) were evaluated after 24-48h treatment with cyclophosphamide (CP; 50 mg/kg), DXR (5 mg/kg), NaCl 0.5-2 g/kg) and SO (0.5 g/kg) + DXR (5 mg/kg). The PCEMN analyzes showed differences (p0.05) between SO (1-2 g/kg) and NaCl treatments, regardless of gender and time. DXR induced EPCMNs significantly in both genders and treatment times. Groups of mice treated with DXR showed lower frequencies (p0.05) of PCEMNs when compared to CP control groups (50 mg/kg). Associative treatment (500 mg/kg SO + 5 mg/kg DXR) did not reduce the frequency of DXR-induced PCEMNs (p0.05). The PCE/NCE ratio between control (NaCl, CP and DXR) and experimental genotoxic and antigenotoxic (SO; SO + DXR) treatments were insignificant (p0.05). The results suggest moderately genotoxic effects (clastogeny and/or aneugeny) of S. officinalis L. leaves, dose-dependent (i.e., from 1 g/kg) and gender- and time-independent. However, S. officinalis has no systemic toxicity and antigenotoxic effects (SO + DXR) under the conditions established in the present micronucleus test in mouse bone marrow.
Palavras-chave: Medula óssea, Salvia officinalis L., ensaio do micronúcleo, roedores, quimioterápico DXR.
Bone marrow, Salvia officinalis L., micronucleus test, rodents, chemotherapeutic DXR.
Área(s) do CNPq: CIENCIAS AGRARIAS::MEDICINA VETERINARIA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade José do Rosário Vellano
Sigla da instituição: UNIFENAS
Departamento: Pós-Graduação
Programa: Programa de Mestrado em Ciência Animal
Citação: TERRA, Roberta Soares. Avaliação dos efeitos genotóxicos e antigenotóxicos de Salvia officinalis e seus aspectos terapêuticos em ciência animal. 2017. 44 f. Dissertação( Programa de Mestrado em Ciência Animal) - Universidade José do Rosário Vellano, Alfenas .
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede2.unifenas.br:8080/jspui/handle/jspui/174
Data de defesa: 31-Mar-2017
Appears in Collections:Programa de Mestrado em Ciência Animal

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Roberta Soares Terra Dissertação.pdfDissertação em texto completo5,46 MBAdobe PDFView/Open ???org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.preview???


Items in TEDE are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.