Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede2.unifenas.br:8080/jspui/handle/jspui/155
Tipo do documento: Dissertação
Título: Opinião pública sobre bem-estar animal na microrregião de Lavras-MG
Título(s) alternativo(s): Public opinion on animal welfare in the micro region of Lavras-MG
Autor: ABRAHAO, Juliana J. A. 
Primeiro orientador: ROCHA, Tatiana Tatiana Cristina da;ROCHA, TATIANA CRISTINA DA
Primeiro membro da banca: CASSUCE, Déborah D. C.
Segundo membro da banca: SILVA, Roberta R. B. V.
Resumo: O trabalho foi realizado na microrregião de Lavras – MG e objetivou identificar a opinião pública sobre o bem-estar de animais de criação comercial. A pesquisa foi desenvolvida com o auxílio de um questionário semiestruturado contendo 13 perguntas. Foram entrevistadas 373 pessoas de forma pseudo-aleatória e distribuídas nas cidades. O número de entrevistados que acreditam que animais sentem frio, calor, medo ou angústia totalizou 97,3%, já os que acreditam que os animais sentem dor, computam 99,0%. Em relação às práticas de manejo do sistema de criação causarem sofrimento aos animais, 81,8% dos entrevistados acreditam que sim, 7,2% acreditam que não, 11% não souberam. A proporção de participantes que já ouviram falar em abate humanitário compreendeu 33,5%, já os que não ouviram falar totalizaram 66,5%, visto que a maioria dos entrevistados (85,3%) acreditam que o abate causa sofrimento aos animais. Das pessoas entrevistadas, 72,4% relataram ter conhecimento sobre bem-estar animal. Os resultados da análise do teste estatístico de independência mostraram que somente a relação entre o conhecimento sobre bem-estar animal e a disposição do participante em pagar mais caro por produtos de origem animal, sabendo-se que os animais foram criados considerando o bem-estar, foi significativa, (P=0,00647). Concluiu-se que a microrregião de Lavras-MG está no início de uma conscientização em relação ao tema estudado, sendo expressivo o número de pessoas que têm conhecimento sobre bem-estar animal. Percebeu-se, também, o despertar da preocupação com o mau manejo dos animais, ganhando adeptos e não mais sendo vistas apenas como exigências de comercialização, entretanto há a necessidade de uma maior conscientização sobre abate humanitário. Os resultados deste trabalho mostraram que um produto final diferenciado, uma carne de qualidade, de origem animal que foram criados respeitando o BEA são valorizadas pelos consumidores, que estão dispostos a pagar mais por estes produtos.
Abstract: This search was performed in the region of Lavras – MG and the aim was to identify public opinion about animal welfare in the commercial creation. The research was developed with a semi structured questionnaire help, having 13 questions. They interviewed 373 people by a pseudo-random form. The number of interviewed who believe that animals feel cold, heat, fear or distress, totaling 97.3%, and those who believe that animals feel pain compute 99.0%. Regarding management practices rearing system causing suffering to animals, 81.8% of the interviewed believe that they suffer, 7.2% believe that they don´t and 11% doesn´t know. The proportion of participants who have heard of humane slaughter comprises 33.5%, as those who have not heard 66.5%, and the majority of respondents (85.3%) believe that slaughter causes suffering to animals. 72.4% of the interviewed people know what is animal welfare. The results of independence test showed that only the relationship between knowledge about animal welfare and the willingness participant to pay more for animal products knowing that they were created considering the welfare, It was significant (P = 0.00647). It was concluded that in the region of Lavras-MG is the beginning of a mobilization and awareness of the subject studied, being a significant number of people who know what is animal welfare. One can also see the awakening of concern with bad handling of animals, gaining followers and no longer more being seen only as marketing requirements, however, there is need for greater awareness of humane slaughter. These search results show that a differential final product, a quality meat of animal origin that have been created respecting the BEA are valued by consumers, who are willing to pay more for these products.
Palavras-chave: abate humanitário; bem-estar animal; insensibilização; senciência.
Área(s) do CNPq: CIENCIAS BIOLOGICAS::BIOLOGIA GERAL
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade José do Rosário Vellano
Sigla da instituição: UNIFENAS
Departamento: Pós-graduação
Programa: Programa de Mestrado em Sistemas de Produção na Agropecuária
Citação: ABRAHAO, Juliana J. A.. Opinião pública sobre bem-estar animal na microrregião de Lavras-MG. 2015. 51f. Dissertação( Programa de Mestrado em Sistemas de Produção na Agropecuária) - Universidade José do Rosário Vellano, Alfenas .
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://tede2.unifenas.br:8080/jspui/handle/jspui/155
Data de defesa: 30-Nov-2015
Appears in Collections:Programa de Mestrado em Sistemas de Produção na Agropecuária



Items in TEDE are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.